<< Voltar

Notícias | Educação


CATULO, UM SONHO REALIZADO

02/12/2019

A instituição de ensino mais antiga de Sombrio, o Colégio Catulo da Paixão Cearense, foi reinaugurado sexta-feira (29), pelo secretário de Estado da Educação e deputado estadual Zé Milton. A cerimônia contou com a presença do prefeito, Zênio Cardoso, de educadores, alunos e ex-alunos, vereadores e diversas autoridades que foram acompanhar de perto a entrega da escola.

A reforma e ampliação foi iniciada em 2018, no valor de R$ 3,5 milhões, e conta com 4.258 metros quadrados de área construída, distribuídas em 16 salas de aula, três laboratórios, sala para o Serviço Educacional Especializado - SAED, biblioteca, refeitório, com acessibilidade, sistema de reaproveitamento da água da chuva, assim como, a ampliação do Colégio com 8 novas salas para abrigar laboratórios e informática.

Com 113 anos de fundação, o Catulo da Paixão Cearense é um dos principais símbolos do patrimônio histórico do município.  O Colégio é responsável pela educação de 500 alunos oriundos de todos os bairros do município.

No ato de reinauguração o deputado lembrou da importância educacional do Catulo. “Esse colégio é um símbolo de educação de sucesso para a nossa região, foi por aqui que passaram diversas lideranças, pessoas, que a partir do conhecimento se destacaram e levaram o nome da nossa cidade para outros estados e regiões”, destacou Zé Milton, ao falar da qualidade do corpo educacional. “Hoje estamos aqui com o nosso Catulo reformado e ampliado, devido ao valor da comunidade escolar que jamais desistiu e lutou conosco para a realização deste sonho. Esta escola tem alma e ela é fruto de cada um de vocês que a compõem”, declarou o parlamentar.

Diretora do educandário, Fabrícia Monteiro Caetano Alves, de forma emocionada, em sua fala, agradeceu a todos os envolvidos. “Não há palavras para descrever o que estamos sentindo aqui hoje. É um sonho que vemos realizado. Obrigado a todos!”, falou.

Natalino também falou das expectativas do governo em retomar uma política qualitativa de educação para os próximos anos. “Lamentavelmente, ao longo do tempo, a educação pública acabou se tornando uma política de baixa qualidade, mas estamos investindo para que as escolas sejam reestruturadas para que o ensino público possa formar pessoas com qualidade. Da mesma forma que vocês do Catulo realizam aqui em Sombrio”, ponderou o secretário.

“Na música que os colegas de vocês apresentaram aqui tem o trecho “E há que se cuidar do broto, pra que a vida nos dê, Flor, flor e fruto” e vocês são os nossos brotos, esta obra é para vocês”, finalizou o secretário.

#

Mostrando 1 - 12. Total de 88 em 8 página(s).