<< Voltar

Notícias | Educação


Retorno das aulas: Pais de alunos especiais de Maracajá pedem auxílio da Administração

09/02/2021


MARACAJÁ


Retorno das aulas: Pais de alunos especiais de Maracajá pedem auxílio da Administração


O prefeito Anibal Brambila, o diretor do Departamento de Educação, Daniel de Souza, e a secretária de Administração e Finanças, Edilane Rocha Nicoleite, receberam na última semana, pais de alunos especiais da Rede Municipal de Ensino. 


Foi um encontro para ouvir os anseios, dúvidas e sugestões dos pais e também para o Departamento de Educação repassar orientações sobre o retorno das aulas presenciais, marcada para começar no dia 1º de março.


No encontro os pais solicitaram uma atenção especial da Administração, principalmente na contratação de um segundo professor. Segundo eles, é importante um outro profissional, pois ajudaria na adaptação dos conteúdos de cada disciplina, para que assim o aluno se sinta realmente incluído em sala de aula.


Atualmente cerca de 22 alunos especiais frequentam o ensino regular em Maracajá e geralmente são estagiários, que auxiliam os professores em sala de aula. Sensibilizados com os pais, o prefeito Anibal Brambila, e o Diretor de Educação, Daniel de Souza, ficaram de avaliar os pedidos. "Estamos com um processo seletivo em aberto para estagiários em diversos setores, mas para ajudar em sala de aula vamos priorizar aqueles que estejam cursando áreas relacionadas a Educação, pois assim conseguiremos atender estes alunos com qualidade", disse o prefeito.


Aulas presenciais


A retomada das aulas em Maracajá se dará nos modelos de aula presencial e remota. Para garantir a organização dos alunos nas salas e períodos de aula, o Departamento Municipal de Educação lançou uma pesquisa de opinião direcionada aos pais e responsáveis que têm até o dia 20 de fevereiro para participarem. 


Questionados se responderam a pesquisa, os pais relataram que ainda não, pois estão receosos. "A grande maioria dos nossos filhos necessita de auxílio, ou não consegue se manter com a máscara, que será exigida durante todo o tempo que eles permanecerem na escola, então temos que avaliar se o retorno acontecerá ou se vamos seguir em casa, pois não podemos colocar nossos filhos em risco, e nem seus colegas e professores,", disseram.


 


# Carla Costa

Mostrando 1 - 12. Total de 108 em 9 página(s).


Utilizamos cookies para sua melhor experiência em nosso website. Ao continuar nesta navegação, consideramos que você aceita esta utilização.

Ok Política de Privacidade